Matéria publicada pela Folha de São Paulo em 1996

2017-07-06 (6)

Estava eu estudando e navegando sobre a Acupuntura quando acho uma matéria de 28 de agosto de 1996 da Folha de São Paulo, momento que se cria o Conselho Federal de Acupuntura no Senado, e a Medicina que sempre vinha criticando a Acupuntura e chamando os médicos que atuavam com Acupuntura de charlatões, começa a sua briga ferrenha para ir na contra-mão do mundo, pedindo sua exclusividade, uma forma tendenciosa de destruir a Acupuntura no Brasil.

Segue a cópia da Matéria da Folha.

Folha
Foto da página da Folha de São Paulo, retirada no dia 26/07/2019 às 02h40 no link https://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/8/28/cotidiano/16.html

Acupuntura no Brasil e no mundo

PAULO NOLETO; GILSON DEVITA

PAULO NOLETO E GILSON DEVITA
A OMS (Organização Mundial da Saúde) reconhece a acupuntura como sistema eficaz no tratamento de numerosas enfermidades e recomenda sua implantação nos serviços de saúde pública.
A formação do acupunturista, na maioria dos países onde a acupuntura é regulamentada, estrutura-se em graduação em nível de 3º grau (universitária), desvinculada da formação da medicina alopática. Isso porque a acupuntura é um sistema terapêutico que faz parte da medicina tradicional oriental (com mais de 5.000 anos de prática, atualizada), com princípios, metodologia e terapêutica diferentes dos da medicina ocidental alopática (com menos de três séculos de existência).
Está em tramitação no Senado um projeto de lei (PLC-67/95) que regulamenta o exercício profissional da acupuntura, cria a profissão de acupunturista com formação em nível de 3º grau, além das especializações em acupuntura para os profissionais da área de saúde restrita a suas respectivas atribuições e cria o órgão fiscalizador, o Conselho Federal de Acupuntura.
O projeto, atualmente na forma do substitutivo do senador Walmir Campelo, foi amplamente discutido com os setores da área de saúde, sendo apoiado por todos os conselhos profissionais da área, com exceção do CFM (Conselho Federal de Medicina).
O CFM tem longo passado de negação dos méritos da acupuntura e vem posar de defensor da acupuntura para uso exclusivo dos médicos. Ora, os médicos, excetuando os que trabalham com a acupuntura, por nunca terem estudado o assunto em suas formações, o desconhecem. Em vez de tentar impedir a aprovação de projeto de lei de alto nível, que soluciona o exercício da acupuntura no Brasil, acolhendo todas as partes envolvidas, o CFM, num surto egóico e avarento de corporativismo, quer que a acupuntura seja o que nunca foi: prática exclusiva de médicos.
A acupuntura não pertence à medicina ocidental alopática, nem historicamente nem cientificamente! Não podemos caminhar na contramão da história, pois em todo o mundo o acupunturista possui formação desvinculada da alopatia. Na maioria dos países que regulamentaram a acupuntura, ela é ensinada como profissão distinta. Só nos EUA existem mais de 50 faculdades de acupuntura.
Saúde é assunto muito importante para ser decidido só por uma categoria profissional. O Senado, até agora, cumpre responsavelmente o papel de legislar corretamente sobre o assunto.

Paulo Cesar Barbosa Noleto, 35, acupunturista, é presidente do Sindaq-MG (Sindicato dos Profissionais de Acupuntura e Quiropraxia do Estado de Minas Gerais).

Gilson Devita Costa, 41, acupunturista, é diretor administrativo do Sindaq-MG.

Pontos Específicos da Acupuntura

As definições dos pontos de Acupuntura, sobre sua essência, sobre as divisões dos pontos, sua importância, seu grupo, sua origem, são fatores que tornam um diagnóstico e escolha de pontos muito mais fácil.

Vamos falar um pouco sobre as definições dos pontos de Acupuntura, não sobre suas aplicações, mais sim sobre sua essência, sobre as divisões dos pontos, sua importância, seu grupo, sua origem, são fatores que tornam um diagnóstico e escolha de pontos muito mais fácil.
Estes pontos têm denominações especificas devido a sua função especial.

Cinco Pontos Shu/Pontos de Transporte

Ao longo de cada um dos 12 canais regulares, nas extremidades superiores abaixo do cotovelo e nas extremidades inferiores abaixo do joelho, existem cinco pontos específicos que são chamados de jing-poço, ying-manancial, shu-riacho, jing-rio e he-mar. Estes nomes representam o fluxo de Qi nos canais como se fossem o fluir das águas. Na Europa eles são conhecidos como Pontos dos “Elementos” ou “Comando” e na França como “Ancestrais”. Os pontos jing-poço estão situados onde o Qi surge como “a água brota desde o profundo da terra”. Os pontos ying-manancial estão onde o Qi do canal é parecido com “uma corrente muito grande que não para de fluir”. Os pontos shu-riacho se encontram onde o Qi do canal é parecido a “uma corrente que pode irrigar e transportar”. Os pontos jing-rio estão onde o Qi do canal é parecido com uma corrente caudalosa que flui livremente e os pontos he-mar correspondem a desembocadura do rio no mar. Estas analogias podem nos oferecer uma ideia mais clara do significado dos pontos e também nos indicam o estado do Qi no canal em diferentes pontos específicos.

imgrc0073126210

As propriedades terapêuticas dos cinco pontos Shu são: os pontos jing-poço são usados para tratar os transtornos mentais, sensação de sufocamento no peito e rápida mudança de humor, os pontos ying-manancial para curar as enfermidades febris e liberação de calor, os pontos shu-riacho para o tratamento de síndromes bi (dor nas articulações, obstruções dolorosas) causados por vento e umidade patógenas, os pontos jing-rio para tratar asma, tosse e transtornos de garganta, e os pontos he-mar para tratar transtornos do intestino, estômago e outros órgãos fu (cada um dos seis órgãos fu tem um ponto he-mar específico nos três canais yang do pé, pontos conhecidos como he-mar inferiores).

Os clássicos chineses apresentam várias formas de aplicação para os pontos Transporte. Podem ser usados de acordo com as estações do ano, de acordo com os fatores patogênicos e os cinco elementos, para tratar órgãos Yin ou para inquietação mental e ansiedade, dito no Clássico das Dificuldades.

Jing-poço Inquietação mental, ansiedade, Plenitude abaixo do coração. Órgãos Yin No Inverno Expelir Vento
Ying-manancial Sensação de calor no corpo, dispersar calor Alteração da compleição Condições dos canais (junto com shu) Órgãos Yin (junto com shu), manancial dos canais Yin Na primavera Dispersar Calor
Shu-riacho Peso e dor articular, umidade e síndrome Bi Sintomas intermitentes Condições dos canais (junto com shu) Órgãos Yin (junto com shu).Shu dos canais Yin No verão Umidade ou Fleuma
Jing-rio Falta de ar, tosse, sensação de calor e frio, asma Acometimento da voz Tendões e ossos. Jing dos canais Yin No final do verão
He-mar Rebelião do Qi e diarreia, distúrbios digestivos Doenças do estômago Órgãos internos Yang Pele. Pontos He dos canais Yang No outono Expelir o Frio

Pontos Yuan – Fonte

Yuan significa fonte. Cada um dos doze canais regulares possuem um ponto Yuan nas extremidades onde se retém o Qi original. Os pontos Yuan dos canais Yin coincidem com os pontos shu-riacho dos cinco pontos Shu. Os pontos Yuan tem um grande significado para o diagnóstico, pois refletem o estado do Qi Original de seus órgãos, e tratamento das enfermidades dos canais e dos órgãos ZangFu, pois são usados para tonificar principalmente os órgãos Yin.

Pontos Luo – Conexão

Luo significa conexão e são chamados de Luo Mai. Cada um dos doze canais regulares também possuem uma ramificação colateral nas extremidades, comunicando em pares definidos pelos canais yin e yang para que estejam relacionados externa-internamente. No tronco existem os colaterais dos canais Ren e Du e o colateral maior do Baço “Grande Canal de Conexão” que se estende respectivamente pela parte posterior, anterior e lateral do corpo. Cada um dos colaterais possuem um ponto Luo, resultando em um total de 15 pontos, o “grande canal de conexão estômago” não possui ponto Luo. São usados para tratar as enfermidades dos canais que tem relação exterior e interior e as enfermidades das zonas por onde passam os canais. Cada um dos pontos de conexão de seus canais se ramifica por uma trajetória separada. Geralmente são usados em conjunto com os pontos yuan.

Pontos Xi – Fenda/Acúmulo

Xi significa fenda que está relacionado ao local onde estão localizados na fenda onda se acumula o Qi, é um local profundo onde converge o Qi dos canais. Cada um dos doze canais regulares tem um ponto Xi nas extremidades, cotovelos ou joelhos, e cada um dos quatro canais extraordinários (yinwei, yangwei, yinqiao, yangqiao) também possuem um ponto Xi, no total são 16 pontos. Os pontos Xi são usados para tratar a dor e enfermidades agudas dos órgãos Zang-Fu a que pertencem, enfermidades das zonas por onde passam os canais e para estancar sangramentos.

Acupuncture points

Pontos Shu – Dorsais

Nesse caso o Shu significa transportar. Estes pontos estão situados na região dorsal onde o Qi dos órgãos Zang-Fu é transportado e dispersado. São encontrados nas costas e na região lombar, nas paravertebrais. Estes pontos se relacionam com os órgãos Zang-Fu. Quando qualquer dos órgãos Zang-Fu sofre alguma disfunção, aparecem pontos dolorosos à pressão ou outras reações anormais nas costas. Eles desempenham um papel muito importante no diagnóstico e no tratamento das enfermidades dos órgãos Zang-Fu correspondentes. Indispensáveis para tratar patologias crônicas pois tem o papel de conduzir o Qi para os órgãos internos e fazem parte do canal da Bexiga

Pontos Mu – Frontal/Alarme

Nesse sentido o Mu significa coletar, recrutar e são conhecidos também como pontos de alarme. Estes pontos estão no tórax e no abdome, com exceção de um ponto, onde se concentra o Qi dos órgãos Zang-Fu e estão perto dos órgãos Zang-Fu correspondentes. Quando os Zang-Fu se alteram, também aparecem pontos dolorosos à pressão ou espontaneamente e outras reações anormais nos pontos. Estes pontos tem um grande significado no diagnóstico e tratamento das enfermidades dos órgãos Zang-Fu correspondentes como para tonificar os órgãos internos ou expelir fatores patogênicos e usados principalmente para situações agudas.

Pontos Mestres – Hui

Hui significa acolher, juntar. São pontos de influencia que dominam os órgãos Zang e Fu respectivamente, o Qi e o Xue. Cada um dos oito pontos tem uma determinada função como ponto mestre, porém também possui outras atribuições.

Pontos dos Quatro Mares

São pontos diferenciados dos doze canais que nos clássicos são chamados de 12 canais de água, e por isso esses pontos são chamados de Pontos dos Quatro Mares. São eles: Mar dos alimentos, Mar do Qi, Mar do Sangue e Mar da Medula.

canstockphoto7872423

Pontos Janela do Céu

São pontos descritos em situações diferentes nos clássicos chineses, onde foram descritos como 5 em um capitulo e mais tarde 5 em outro capitulo. Eles são usados para dominar o Qi rebelde que vem da cabeça ou que sobe para a cabeça, fatores emocionais e mentais devido a ascensão de yang.

Pontos Estrela do Céu

São 12 pontos usados em pares que, segundo descrito por Ma Dan Yang, eram os pontos mais importantes por tratar todas as patologias. Usados também para tratar fatores patogênicos.

Pontos do Espírito

Como descrito por Sun Si Miao, são 14 pontos usados para tratar patologias mentais e psicoses onde eram aconselhados usar um ponto por vez.

Pontos do Sistema dos olhos – Mu Xi

São pontos usados principalmente para as disfunções oculares e são intimamente ligados ao cérebro. Dividem-se em grupos de 3 canais Yang que rodeiam os olhos. Tem influencia sobre o hipotálamo, cérebro e glândula hipófise, tratando assim problemas neurológicos, mentais e cerebrais.

Pontos Comando

São 5 pontos que agem local e especificamente em determinada área. Importante lembrar que não estamos falando dos pontos Ying, Jing, Shu, He e Jing, porque em alguns lugares da Europa também são conhecidos como “Pontos Comando”.

Caso queira saber mais sobre pontos de acupuntura pode acessar nosso estudo sobre Distribuição e classificação dos Canais e Colaterais – Meridianos e Diferenciação das síndromes de acordo com a teoria dos meridianos.

Pulseira de Acupressão

Uma boa ideia de Álvaro David Villa Velasco, Engenheiro de Marketing do Equador, foi à pulseira de acupressão, que usa instrumentos simples e tem como objetivo ajudar pessoas que possuem enjoo, náuseas, tontura e vômitos. Essa pulseira vai realizar a pressão de pontos de acupuntura localizados no pulso (PC 6), assim estimulando o ponto constantemente de forma leve e suave.

Esse Artigo foi feito para cidade de Quito no Equador, e as informações referentes à população e valores da pulseira também foram referentes à cidade. Os objetivos do projeto foram para ver a viabilidade do desenvolvimento do projeto na cidade, analisar a situação do mercado e comportamento dos consumidores, estabelecer estratégias de marketing no mercado, estrutura organizacional para o desenvolvimento e comercialização do produto e determinar a viabilidade financeira para a produção e comercialização.

Quito é a capital e segunda maior cidade do Equador. A partir de 2008 passou a ser a capital da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) bloco que visa fortalecer as relações comerciais, culturais, políticas e sociais entre as doze nações da América do Sul.

pulseira-acupressao

Resumo do Artigo

Este projeto se desenvolve com a finalidade de conhecer a viabilidade de gerar um empreendimento com foco na produção e comercialização de pulseiras de acupressão para minimizar os sintomas de tontura, vômitos e náuseas, que apresentam pessoas que são submetidas a tratamentos médicos, mulheres grávidas ou crianças que se sentem enjoadas quando fazem uma viagem. Para delimitar o tamanho do mercado, o projeto se concentra nas mulheres grávidas que constitui um grupo objetivo, plenamente identificável e quantificável. A metodologia de investigação se baseou na exploração do mercado através do uso de técnicas quantitativas e qualitativas, as quais determinaram que o produto é viável para implementar por sua aceitação no mercado e processo de produtivo é executável no país, já que o único produto importado é o mecanismo de acupressão, para depois montar junto com os outros componentes por parte da empresa HEALTHY BAND. As principais conclusões do documento estabelecem que exista um mercado para as pulseiras de acupressão, mas é necessário um pano de marketing que fundamente a promoção e publicidade do produto, para que os consumidores localizem em pontos de venda e através da recomendação de seus médicos. A viabilidade financeira determinou que o projeto tivesse um investimento inicial de $ 81.822,04, o qual se concentra em capital de trabalho, inventario inicial e a aquisição de ativos fixos; a proteção de vendas determinou um valor atual líquido $14.105 e taxa interna de retorno de 27,75% que superior à taxa de desconto de 18,25%. Em base nesta informação se recomenda a execução do projeto.

Segue o link do Artigo

Link do Artigo Original